Ao poeta

Cabe a ti, Mergulhar Na própria loucura. Amar Loucamente: Tua grande fissura! Desejas Arder no teu Próprio desejo. Creio, Que de vós, Com efeito, eu versejo. Vivendo Pairando loucos Como …

Odes

Busquei Em tolas teorias A minha missão Algo em que pudesse Crer… Sonhei Que era filho de Um pai do céu Mas o que pude perceber É que nada disso …

Deusa

De divinas formas E beleza Ornas os meus dias E me faz sorrir. Como te amo E desejo! Maná e magia Tem seu beijo Desce ao mais fundo Sobe ao …

Minhas Reminiscências

Desperto do meu sono Torpor e letargia me tomavam Agora vejo os monstros Que nos sonhos me assombravam Encarar meus grandes medos Desnudar vozes e desejos Reminiscências que ora surgem …

Chacina

Plácidas paredes Recebendo corpos Saraivada de balas Tinto fluido escorre Vermelho risco  Diagonal Antes do derradeiro Tombo.

Bólidos

De dentro de um bólido, A perna dói menos Cansa-se menos Vive-se menos De dentro de um bólido A cidade se esconde E andar corresponde  A se diminuir Os carros …