Fato

Sigo sendo. Sou em ato! Face a fenômenos Tantos, Haverá, Algum fato Para além Da observação E da interpretação? Lucas Lima

Abismo

Quantos eus Morreram, Pra surgir O eu Do que Eu sou Agora? Quantos sins E nãos ouvi Para dizer O que Hoje digo, Muito Embora Houvera Eu também Falado Pra …

Rancores

Morbidez, Gradativamente Vem à tona Sua alma Torpe Sequioso Por sangue Hoje estancado Mas, Prestes a Jorrar. Quer que o mundo Se desfaça Em guerra. A mordaça Uniformizada Clama por …

Deságue

Pétalas, Todo o amor Transborda. Feliz Ao meu modo… Não sei dizer O quanto sonhar É melhor, Que viver O acordar em ti. Sorri ao matar meu último suspiro. Toco …

A morte é doce

(Minhas apologias aos delírios oníricos do Rolfsen) Diante dos males Do mundo Uma notícia Vinda do reino Dos sonhos Me tranquiliza. Um amigo Em onírico transe, Quase saudoso, Nos traz …

Escasso

Escasso Como o espaço Entre dois Segundos Escasso Como o espaço Entre dois Agudos. Escasso Como o espaço Entre dois Perdidos Escasso Como o espaço Entre dois Gemidos. Escasso, Viver …