Euthymia

O meu querer prepondera.

Antes difícil admiti-lo,

Hoje questão de vida

Estar cônscio desta verdade.
Negava por pudores externos,

Ter agido assim, por que qui-lo

Sossegava a opinião alheia

Aquietava meus próprios infernos.
Quão dura pode ser a opinião alheia?

A diamante ela se assemelha,

Se de nossas internas fibras,

Não fizermos incansável buril.
Cabe nos nesta curta existência

A luta das pulsões é parelha

Viver o calor do desejo

Mesmo que de modo tardio.