Misantropo

Irrompem
Impulsos de misantropia

Face

A toda esta vilania.

Resta-me o consolo

De um solilóquio

A este vazio

E desconsolo

A cada hora em

Que surge a mais

Leve esperança

Vejo-me profundamente

Tolo.

Tudo que quero

É calar meu lábio

Solenemente ante

O escárnio

Desta gente 

Impávido e sereno

Esperando o golpe

Da espada

Avivar minhas mais

Profundas fibras

Do desejo de me 

Fazer melhor.
Assim, 

De um modo inaugural 

Pra mim,

Calado.