Avante

Escrever-me
É transbordo.
E resolvo,
Que a subjetividade,
Já não importa
Tanto quanto
A objetiva
Dureza
Destes nossos
Dias.
Resta resistir!
Existir é preciso.
Mas viver,
Depende
De valores,
Almas
Sensíveis.
Percebo,
Que nós
Precisaremos
Defender a
Liberdade.
Que seja,
Esse o mote
Do mover
De minha pena.
Avante!
Que a obscura
Insanidade
Também
Não nos
Endureça.
Que não
Se perca
A ternura.
Avante!

Lucas Lima