Barba

Tem crescido
Minha barba.
Vez ou outra
Um fio cresce
Mais que os outros.
Eu aplico-lhe
A tesoura.
Outras vezes,
Surge um pelo
Encanecido.
Impiedosamente,
O extraio.
Alguns fios crescem
Grossos demais.
Inflexíveis demais
Para ornar
Com o conjunto
De minha
Barba.
Assim o faço:
Pinço-o
Vigorosamente
Para extirpar
Definitivamente
Suas raízes.
E o faço,
Porque posso!
Eu tenho a mão!
Eu tenho a tesoura!
Como me é caro
O hábito de
Manter alinhados
Os pelos da minha
Face…
Aviso,
Para meus castos
Leitores,
Que, nada disso,
Dialoga com o
Que os homens
Fazem com seus
Gênios.
Nada disso
Fala com o
Que fazemos
Com os diferentes.
Nada disso é
Sobre o que fazemos
Com as minorias.
É apenas sobre o
Que soliturnamente
Faço com minha
Barba.

Lucas Lima