Plena

Vem meu bem,
Dizer
Quão grande eu fui pra
Você
E quanto eu ainda sou.

Não deixe que o tempo
Mate
As fibras desse belo
Enlace
Que chamamos de amor

Deixa o riso extravasar
Derramar dos teus
Lábios

Viva pra que eu possa
Registrar teu voo nos
Rábios

Meu bem, além
De tudo
Faça do amor broquel,
Escudo

A paixão que nos
Consome
É algo para além da
Fome

Rega com vigor
A raiz desse
Dilema

De entregar-se a outrem
E sentir-se
Plena

Lucas Lima