Feche a porta, amor

Feche a porta, amor
O passado está chegando!
E com ele,
O ranço da derrota
Anunciada.
Espada em punho,
Rubra de pecado
E sangue.
Anunciando a morte
Do que sonhávamos
Ser o mundo no futuro.
Feche a porta, amor
Que aqui em nossa
Alcova,
O mal não há de entrar,
Mas, lá fora,
Estaremos em apuros
O nosso barco
Ficaria à deriva.
Feche a porta, amor.
Feche a porta…

Lucas Lima