Estorvo

Quando o violento é alçado ao poder,
Seu igual se refestela.
Quando o palhaço governa,
O poder debocha de seu povo.

Quando o homem deseja morrer
Leva outros consigo.
Quando lhe falta um amigo,
Ele se fecha pro novo.

Quando nos recusamos a ver
O mundo aumenta o contraste
A alma experimenta o desgaste
Até que venha o renovo.

Quando não somos capazes de ver
Que um grande mal se aproxima,
O poder duramente ensina
Que somos apenas estorvo.

Lucas Lima