Vala comum

Corpos enterrados
Em sacos plásticos.
Coraçoes dilacerados.
Não é ainda a ditadura
Mas parece que os cães
Estão tentados.
Na pandemia
Redescobrimos a miséria
Espalhada
Por todos os lares.
Onde,
Se não falta pão,
Escasseia a empatia
E compaixão.

E daí, que morram
Velhos, pretos,
Pobres e doentes?

Milagres não existem

Mesmo que você seja um messias. O que deveria existir,

Compaixão,
Em nosso país,
Artigo em extinção.

E assim seguimos,
Na vala comum
Chamada Brasil.

Lucas Lima