Nem luto mais

O luto foi roubado
Pela velocidade
Da atrocidade.
A luta mostra-se
Vã, antes do inicio.
Choro sem verter lágrima
Suspiro sem ver o fim
Da atrocidade humana.
São tantos golpes
São tantas mortes
Que nada se mostra
Efetivo.
Nem luto, nem luta.
Resta pouco, ou nada.

Lucas Lima