Suspiros

Durante anos, Suspiros eram doces Que derretiam Em minha boca. Hoje, São frequentes Os suspiros Longos e doídos Pelos dias que vivemos Pelos que não sabemos Se virão. Lucas Lima

Consolo

Nego a mim mesmoA palavra de consoloQue espero.Vergasto-meDesnecessariamente,Pois assim já fazA vida.Bebo muito poucoChoro quase raroSofro incessantemente.Vil existênciaRecheada de infortúnios!Rechaço seus deleites tolos.Sei que queres seduzir-mePara me cravar a foice …

Ah

Ah Ah,Ela pode ser forteMas não mais que tuEla tem que falarMas sem te comprometerAh,ela tem que servirAquilo que queres comerNa mesa na salaNo quarto em todo lugarAh,seu ego é …

Estorvo

Quando o violento é alçado ao poder,Seu igual se refestela.Quando o palhaço governa,O poder debocha de seu povo. Quando o homem deseja morrerLeva outros consigo.Quando lhe falta um amigo,Ele se …

Higanbana

Ah, o amor,Flor repleta de espinhos,Uma bela consorte.E nos caminhos,Tortuosos que tenhoDescrito,Eu soliturno, malditoProscritoBusco-lhe, colho-teDia após diaVendo-a murcharDoce HiganbanaVermelha na corE no olor que emana Lucas Lima

Ad æternum

Deixa a solidão te tocarEla te seduz, tão breveQuanto essa tola existência.Mesmo que te pareçaUma eternidade.Quando se vês desesperadoQuando sente que nada maisPode ser feito.Quando se vê completamenteRendido.E aguarda apenasO …

Sobra

O que sobra de vocêQuando te despemDe roupa, dinheiroE poder?O que sobra ao te ladoA cada anoitecer?Quem é a pessoaQue vês diante do espelho?Me conta de ti,Aquilo com qual me …

Feche a porta, amor

Feche a porta, amorO passado está chegando!E com ele,O ranço da derrotaAnunciada.Espada em punho,Rubra de pecadoE sangue.Anunciando a morteDo que sonhávamosSer o mundo no futuro.Feche a porta, amorQue aqui em …

Vazio

Aquilo que estranhamente Nem sensação é. Aquilo que, em tese, é vacuidade, Ocupa um espaço imenso. Rouba noites, destrói dias Seca vidas. Algo indefinível, por definicão. Algo que me engasga, …