Felinos

Adoraria falar de flores Das estrepolias do felinos Do Sol que insistentemente Nos ilumina Mas é possível ignorar O absurdo de nossos dias? É possível olhar pra algo Que não …

Nem luto mais

O luto foi roubado Pela velocidade Da atrocidade. A luta mostra-se Vã, antes do inicio. Choro sem verter lágrima Suspiro sem ver o fim Da atrocidade humana. São tantos golpes …

Vala comum

Corpos enterrados Em sacos plásticos. Coraçoes dilacerados. Não é ainda a ditadura Mas parece que os cães Estão tentados. Na pandemia Redescobrimos a miséria Espalhada Por todos os lares. Onde, …

Suspiros

Durante anos, Suspiros eram doces Que derretiam Em minha boca. Hoje, São frequentes Os suspiros Longos e doídos Pelos dias que vivemos Pelos que não sabemos Se virão. Lucas Lima

Consolo

Nego a mim mesmoA palavra de consoloQue espero.Vergasto-meDesnecessariamente,Pois assim já fazA vida.Bebo muito poucoChoro quase raroSofro incessantemente.Vil existênciaRecheada de infortúnios!Rechaço seus deleites tolos.Sei que queres seduzir-mePara me cravar a foice …

Ah

Ah Ah,Ela pode ser forteMas não mais que tuEla tem que falarMas sem te comprometerAh,ela tem que servirAquilo que queres comerNa mesa na salaNo quarto em todo lugarAh,seu ego é …

Estorvo

Quando o violento é alçado ao poder,Seu igual se refestela.Quando o palhaço governa,O poder debocha de seu povo. Quando o homem deseja morrerLeva outros consigo.Quando lhe falta um amigo,Ele se …

Higanbana

Ah, o amor,Flor repleta de espinhos,Uma bela consorte.E nos caminhos,Tortuosos que tenhoDescrito,Eu soliturno, malditoProscritoBusco-lhe, colho-teDia após diaVendo-a murcharDoce HiganbanaVermelha na corE no olor que emana Lucas Lima

Ad æternum

Deixa a solidão te tocarEla te seduz, tão breveQuanto essa tola existência.Mesmo que te pareçaUma eternidade.Quando se vês desesperadoQuando sente que nada maisPode ser feito.Quando se vê completamenteRendido.E aguarda apenasO …